" Sigo em frente, pra frente eu vou
sigo enfrentando as ondas onde muita gente naufragou ..."



quarta-feira, 30 de novembro de 2011

STF pode voltar a julgar Ficha Limpa







Está na pauta da sessão desta quarta-feira do Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento da validade da Lei da Ficha Limpa. O julgamento foi interrompido no último dia 9 por um pedido de vista do ministro Joaquim Barbosa. Mas o fato de as três ações sobre a lei terem sido colocadas em pauta pelo presidente do STF, ministro Cezar Peluso, não quer dizer que elas sejam de fato julgadas.
Ainda no início da sessão, às 14h, os ministros podem decidir adiar o julgamento ou, ainda, outras ações podem ser julgadas antes e pode não sobrar tempo para a decisão sobre a Ficha Limpa. O julgamento será retomado com o voto vista de Barbosa. Até agora, o único voto proferido é o do relator, o ministro Luiz Fux, que fez uma defesa quase integral da lei.

Empresa investe R$ 150 milhões em fábrica no Cabo

 







O governador Eduardo Campos e a presidente da Tredegar Corporation, Nancy Taylor, anunciaram o investimento de R$ 150 milhões na Terphane, fábrica adquirida pela Tredegar no último mês e localizada no Cabo de Santo Agostinho. A ampliação visa atender a demanda do mercado nacional e internacional de embalagens, através da produção de filmes de poliéster (PET).
Serão geradas 60 novas oportunidades de trabalho. A grande mudança, no entanto, será na produção, que praticamente dobrará, de 40 mil para de 70 mil toneladas/ano a partir de 2014, quando entrar em operação. Até lá, outros mil empregos diretos serão ofertados pela empresa nas obras de construção civil. Hoje, a Terphane emprega 280 pessoas. “Somos a única produtora de fios de poliéster no Brasil e nós queremos manter a nossa posição estratégica no mercado nacional a partir de Pernambuco”, disse o diretor de Operações da Terphane, Moacir Santos.

ESTUPRO? Marcelinho Paraíba será transferido para um presídio em Campina Grande

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O jogador paraibano Marcelinho Paraíba acaba de ser preso pela Polícia de Campina Grande. Ele prestava depoimento desde o início da manhã de hoje (30) na Central de Polícia por suspeita de ter tentado estuprar uma jovem durante uma festa realizada esta madrugada na granja do jogador no Bairro Nova Brasília, em Campina Grande.
Mulher, que é irmã de policial, mostrou lábios machucados e fez exame de corpo delito.
Após prestar depoimento, Marcelinho foi encaminhado para a carceragem da Central de Polícia. A caminho da cela, o jogador se limitou a falar: "Sou inocente e só falo em juízo".
Ele deve ser encaminhado ainda hoje para o presídio do Serrotão.
Outros três homens que estavam com ele na festa também foram presos.
João Crivaldo da Silva, Wellington Porto da Silva e Leandro Silva vão responder por desacato à autoridade e resitência à prisão. Eles teriam, ainda na granja, tentado impedir que os policiais levassem Marcelinho para a delegacia.
A vítima da tentativa de estupro seria uma advogada de 31 anos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
(Foto: Marcio Rangel)

O delegado Fernando Antônio Zóccolla, que está investigando o caso, em entrevista coletiva à Imprensa que aguardava na ante sala da Central de Polícia, disse que irá enviar o caso para uma das Varas da Justiça, que pode ser da 1ª à 5ª Vara Criminal.
Zoccolla confirmou que Marcelinho deve seguir ainda hoje (30) para o presídio do Serrotão, em Campina.
Ele vai responder por tentativa de estupro, crime previsto no artigo 213 Código Penal que é inafiançável e prevê de 6 a dez anos de prisão.
O advogado do jogador, Afonso Vilar, disse que irá aguardar que a prisão seja comunicada à Justiça para entrar com pedido de relaxamento.
O advogado disse, ainda, que Marcelinho negou a tentativa de estupro.
Mas o delegado revelou que a suposta vítima apresentava sangramento nos lábios. Ela está sendo submetida a exame de corpo delito.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
(Foto: Marcio Rangel)
 
Da glória ao inferno
O jogador paraibano está atuando no futebol pernambucano, jogando no Sport Club do Recife. Ele foi a grande estrela da partida de sábado (26) em que o Sport venceu o Vila Nova, de Goiás, e ascendeu o time pernambucano para a série A do Campeonato Brasileiro.
O jogador saiu ovacionado do campo, nos braços dos torcedores.
O Sport, em nota da Assessoria de Imprensa, informou que vai prestar toda assistência jurídica necessária a Marcelinho.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Paredao do Povo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Circulando com Damy alves

Procissão

Teve início hoje com a Procissão de Luz pelas ruas da cidade, na coordenação do Padre Geraldo Melo a Festa da Padroeira de Belo Jardim Nossa Senhora da Conceição. 

Uma intensa programação foi preparda pela comissão gestora. Dia 10 de dezembro Festa dos Filhos Ausentes no Salão de Festas Chaminé com a Orquestra Ferando Alves.
Cantata
Uma platéia seleta composta por grandes musicos de Belo Jardim e Região,como também técnicos agrícolas  conferiu a I  Cantata Natalina dos alunos de música do IFPE CAMPUS Belo Jardim. Realização dos professores: Katarina, Flávio Lima, Maria Rejane e Robson Ribeiro.
Na primeira fila o renomado maestro Mozart Viera que assistia a tudo com bastante atenção. O Coral com dramatização roubou a cena impresionando a todos com a desenvoltura dos musicos-atores.

No repertório: musicas e arranjos de Ronaldo Batata, Claudio Zerbasy, Allan Leandro, David  Huntsinger, Gilmar Black, Franz Gruber e os instrumentistas Romualdo Ananias, Sergio, Daniel Timóteo, Leonardo Araujo e Allan Leandro.

DAMY ALVES

Belo jardim F. C. está confirmado na Série A1 e apresenta relação de jogadores pre-contratados



A diretoria do Belo jardim F. C. começa a movimentar-se em relação a participação da equipe no pernambucano 2012, confira a lista do jogadores pre-contratados visando a disputa da Série A1.

 

Goleiros

Delone – Belo jardim

Léo – Belo Jardim

Caio – Serra Talhada

Sun Hoo – Belo jardim

Laterais

Toty – Sport

Parral – Santa Cruz

Michael – Belo jardim

Márcio – Grêmio

Zagueiros:

Laerson – Belo Jardim

Eduardo – Belo Jardim

Sebá – Desportiva do Espírito Santo

Fabão – Operário- MS

Volantes:

Jr. Borracha – Belo Jardim

Rogério Manaus – São Raimundo

Fábio Recife – Vera Cruz

Marquinhos – Guarany de Sobral

Helder – Náutico

Meias

Péricles – Souza PB

Marquinhos Vitória – Vera Cruz

Alex Abreu – Belo Jardim

Douglas – Náutico

Clayton Alagoano – CRB AL

Atacantes:

Tiago Santos - Guarany de Sobral

Brasinha – Ferroviário do Cabo

Crislan – River Plate PI

Candinho – Ipiranga

Waldson Cachoeirinha – Belo Jardim

Romárinho – São Paulo

ComissãoTécnica

Givanildo Sales

Anderson Freitas

Carlos

Elias, outro alvo atropelado pelo trator Eduardo Campos



Mais um capítulo em torno da rota estilo trator do governador Eduardo Campos Estado afora, aberta, dessa vez, no rumo de Jaboatão,  é detalhado por Marisa Gibson, no Diario Políticode hoje. Elias Gomes vem se postar na faixa de atropelamento que já vitimou João da Costa e alguns outros no Estado, inclusive no sertão: 
''.....quando traçou o mapa do crescimento do PSB no estado, o governador viu em Jaboatão uma oportunidade para o seu partido, sobretudo porque o governo estadual tinha obras importantes no município, e despachou para lá o deputado estadual João Fernando Coutinho com domicílio eleitoral devidamente transferido. Eduardo manteve a situação em banho-maria até o dia que Elias começou a veicular pela televisão sua propaganda institucional mostrando obras executadas pela prefeitura, em parceira com o estado, sem nenhuma referência ao governador. Aí, o tempo fechou. Eduardo ficou enfurecido e Elias deu ao governador a oportunidade que ele estava esperando. Agora, com a pré-candidatura de Coutinho a prefeito de Jaboatão, Eduardo começa a tirar do discurso de Elias todas as obras que o estado realizou no município.


Magno Martins

terça-feira, 29 de novembro de 2011

João da Costa quer conciliação com João Paulo


 “Eu só posso falar por mim. Continuo com esperança. Meu coração está livre, leve e solto para cuidar da vida e da política.” Esta foi a resposta dada pelo  prefeito do Recife, João da Costa (PT), ao ser questionado acerca de um possível encontro com seu ex-padrinho político, o deputado federal João Paulo (PT). A declaração é uma tentativa do gestor tirar de seus ombros a responsabilidade da reconciliação com o deputado.
Ontem, em entrevista ao Diario, João Paulo afirmou, irritado, que não existia a menor possibilidade de reaproximação política ou administrativa com o prefeito. O impasse entre os dois tem motivado conflitos internos no Partido dos Trabalhadores e enfraquece, ainda mais, a já combalida unidade da Frente Popular. Recentemente, o deputado federal Fernando Ferro (PT), aliado de Costa, criticou, sem citar nomes, integrantes do PT que estariam antecipando o debate eleitoral e desagregando o partido. A declaração foi entendida por muitos como um ataque ao deputado João Paulo.

Ex-deputado Esmeraldo Santos fica ferido durante tentativa de assalto



O ex-deputado Esmeraldo José dos Santos, 56 anos, do PSD, foi baleado durante uma tentativa de assalto na BR-232, em São Caetano. O fato aconteceu às 22h20 desta segunda-feira (28), no perímetro urbano da rodovia.
Esmeraldo disse que quando se aproximou do viaduto de acesso a Cachoeirinha percebeu que um veículo retornava em marcha a ré, decidiu seguir em frente e se deparou com vários pneus colocados na pista. O ex-deputado tentou passar pelo local e foi atingido com um tiro na mão esquerda.
Esmeraldo Santos pediu socorro no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele foi socorrido para um hospital particular de Caruaru, onde passa por cirurgia na manhã desta terça-feira.
 
NE10

Mendonça Filho coloca R$ 3,5 milhões para Belo Jardim no Orçamento


O deputado federal Mendonça Filho colocou R$ 3,5 milhões no Orçamento do Governo Federal para beneficiar Belo Jardim com obras nos acessos rodoviários na BR – 232 pela Cohab 1 e com a ampliação da Barragem Pedro Moura. “Belo Jardim cresceu muito e precisa de obras na área de transporte e abastecimento de água para continuar gerando mais empregos e melhorando a qualidade de vida das pessoas”, afirmou Mendonça.

Segundo Mendonça, esses recursos são de emendas individuais específicas para o município. “Belo Jardim, assim como outras cidades do Agreste, serão beneficiadas com emendas que destinam recursos para vários municípios”, explicou. Com isso, Belo Jardim vai ser beneficiada, também, com recursos para as áreas de esportes, infra-estrutura e desenvolvimento urbano, melhoria do sistema de esgotamento sanitário e estruturação da rede de serviços de Atenção Básica de Saúde.

“As emendas individuais que os deputados podem apresentar têm um valor menor do que as emendas de bancada. Por isso, é importante colocar recursos para programas e projetos do Governo Federal que atendem a todos os municípios, como o saneamento e a atenção básica à saúde”, afirmou. Na área de saúde, Mendonça colocou emendas para instituições como IMIP, Hospital do Câncer, AACD e Procape, hospitais que atendem à população do Estado todo, inclusive a de Belo Jardim e do Agreste.
 

Prefeitura de Belo jardim crescendo com a nossa gente

 
 Reposição de calçamento no Bom Conselho
 Saneamento na Cohab I
 Saneamento no Loteamento Frei Damião
 Passagem Molhada no Sítio Riacho Salobro em Vila Nova
 Construção de uma caixa de esgoto na Boa Vista (Rua do dentista Maneco)
 Reposição no São Pedro, na trav. do Sindicato dos Servidores

Jovens carentes ganham baile de debutantes



Pelo segundo ano consecutivo, quinze jovens carentes de Belo Jardim vão realizar o sonho de ter uma festa de debutantes. A ideia é elevar a autoestima das adolescentes e oferecer uma grande festa, no próximo dia 09, com direito a show musical, buffet  e a tradicional valsa. E para o conto de fadas ser completo, as meninas vão ganhar vestido, maquiagem e cabelo para o debute. 

Esta ação faz parte do Projeto ‘Um sonho a realizar’ idealizado pela Primeira-Dama e Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social, Joelma Gomes, e pelo CRAS, o Centro de Referência de Assistência Social. Além disso, o Projeto conta com o apoio de padrinhos e madrinhas que adotaram a iniciativa.

Todas as debutantes têm 15 anos completos ou vão completar ainda em 2011. Elas foram escolhidas pela equipe psicossocial do CRAS do bairro do Santo Antônio, que visitam as famílias da comunidade.

O evento acontece na casa de festas ‘Estação Sete’, no bairro do Santo Antônio, às 20h. Os convidados de honra são os familiares e amigos das aniversariantes.

Circulando com Damy Alves


ASAS

Servir sem olhar a quem. Esta é a meta da ONG Ação Social Amor e Serviço (ASAS), que existe desde o ano de 2002 e estar situada na Avenida Cinquentenário 257 na Cohab 01. Presidida pelo operador de máquinas Armando Araujo que junto com uma equipe voluntária na diretoria e parceria da ASEVI (Ação Social Esperança e Vida) da Diocese de Pesqueira, que de mãos dadas tocam esta Organização Não Governamental com muita transparência .
São 70 crianças e adolescentes na faixa etária de 05 a 17 anos dispondo de alimentação, aulas de dança, teatro, adereços artesanais, capoeira, iniciação de passarela (manequim) e para o ano vindouro  musica e corte e costura.
Vale ressaltar  em  2012 ainda a conclusão da quadra poliesportiva que estar sendo construída por voluntários da comunidade.


Nesta terça-feira acontece durante todo dia grande mutirão da beleza com alunas  do curso de Cabelereira do CRAS  da COHAB 01.
DAMY ALVES

Portal Agreste Em foco apresenta o maior encontro gospel de Belo Jardim


SAEPE - Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco

 

No último dia 23/11 os alunos das redes públicas: estadual e municipal de ensino, ora matriculados nos 3º, 5º e 9º anos do ensino fundamental, como também os alunos das séries finais do ensino médio e normal médio participaram de mais uma edição do SAEPE. Como muitos já sabem o SAEPE é um programa que visa diagnosticar o desempenho dos estudantes em diferentes áreas do conhecimento e níveis de escolaridade, bem como subsidiar a implementação, a (re)formulação e o monitoramento de políticas educacionais, contribuindo ativamente para a melhoria da qualidade da educação no Estado. O referido programa já tem sido vivenciado há mais de 10 (dez) anos e ao longo desse período sofreu algumas alterações até a sua configuração atual.
Para nosso contentamento, a rede municipal de ensino obteve em suas últimas edições resultados bastante significativos, o que comprova o bom desempenho do nosso alunado bem como a eficiência no processo de ensino-aprendizagem. 
Os avanços nos últimos três anos são notórios embora, observam-se uns mais acentuados do que outros e isto, é o que nos impulsiona a cada dia procurarmos desenvolver um trabalho que atenda às necessidades de aprendizagem desses estudantes. Destacamos que algumas de nossas escolas obtiveram proficiências muito além do DESEJADO de acordo com os níveis avaliados no último ano, atingindo até médias acima da rede estadual e de redes municipais também avaliadas, especificamente as turmas dos anos iniciais.
Das 61 (sessenta e uma) escolas que participaram da edição passada, 24 (vinte e quatro) obtiveram a proficiência superior ao desejado nas turmas de 3º ano do ensino fundamental.
Aproveitamos para deixar registrado e parabenizar mais uma vez os bons resultados colhidos pelo Centro de Excelência Municipal Prof. José Vieira da Costa em suas participações nas avaliações em larga escala.
 O SAEPE 2010 atestou ao referido centro municipal:
·         30ª Posição Global do Estado
·         Índice Padronizado do SAEPE: 0,7150 ( O maior da 8ª região de desenvolvimento).
 A Secretaria de Educação, Tecnologia, Esporte e Juventude orgulha-se desses números e acredita no potencial de sua rede de ensino. Com o empenho de todos os que fazem parte desta rede, seguimos confiantes rumo às conquistas que estão por vir!
Izabelle Araújo
Diretora de Ensino
Secretaria de Educação, Tecnologia, Esporte e Juventude

Deputado Mendonça Filho coloca mais de 1 milhão no orçamento para cidades de Pernambuco

 

O deputado federal Mendonça Filho colocou R$ 3,5 milhões no Orçamento do Governo Federal para beneficiar cidades do interior de Pernambuco ( é  o que divulga os blogs da região ) vejam alguns exemplos:
Belo Jardim com obras nos acessos rodoviários na BR – 232 pela Cohab 1 e com a ampliação da Barragem Pedro Moura. “Belo Jardim cresceu muito e precisa de obras na área de transporte e abastecimento de água para continuar gerando mais empregos e melhorando a qualidade de vida das pessoas”, afirmou Mendonça.
Santa Cruz do Capibaribe com obras de infraestrutura urbana como calçamento, asfalto, ações nas áreas de saneamento, saúde e inclusão digital. “Melhoria na infra-estrutura urbana é uma coisa que as pessoas sempre pedem e é preciso de recursos do Governo Federal para atender a essa demanda”, disse Mendonça.
Na área de saúde, Mendonça colocou emendas para instituições como IMIP, Hospital do Câncer, AACD, Instituto do Fígado, Fundação Altino Ventura e Procape, hospitais que atendem à população do Estado todo.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

STJ nega liberdade a ex-líder do MST



O Superior Tribunal de Justiça negou o pedido de liberdade feito por José Rainha Júnior, ex-líder do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) preso em junho deste ano durante a operação Desfalque, da Polícia Federal. Segundo o R1, Rainha é acusado de liderar uma organização criminosa suspeita de desviar dinheiro público que seria destinado a assentamentos da reforma agrária na região do Pontal de Paranapanema, em São Paulo.
A defesa alegou falta de provas contra José Rainha e argumentou ainda não haver necessidade para mantê-lo em prisão cautelar. Entretanto, para o relator do caso na Corte, o ministro Gilson Dipp, as provas contra o acusado são suficientes para mantê-lo preso. Na ocasião da prisão, a coordenação nacional do MST informou que Rainha está fora do movimento há mais de cinco anos e, portanto, não se manifestou sobre o caso

Festa gospel de Belo Jardim é destaque em um dos sites mais acessados da BA



Crédito: Divulgação

O ministério Restitui de Paulo Afonso, é um dos grandes convidados para um mega evento gospel que acontecerá dia 10 de dezembro na cidade pernambucana Belo Jardim.
Com a temática "Conectando a Juventude Brasileira Com a Palavra de Deus", a Livraria Oásis contando com o apoio total da Prefeitura Municipal, Secretaria de Educação, Tecnologia, Esporte e Juventude, e Secretaria de Cultura, Turismo e Paisagismo, realizará  a partir das 17h00 na Avenida José Mendonça Bezerra, O Dia da Bíblia com uma vasta programação.
Restitui que vem viajando por todo nordeste vem se firmando na mídia com jovens pauloafonsinos levando a palvra do senhor a todos com muita responsabilidade.
Redação
redacao@ozildoalves.com.br

Polêmica em Aracaju: livro sugere que Lampião era gay.

O juiz Aldo Albuquerque, da 7ª Vara Cível de Aracaju (SE), proibiu a publicação e comercialização do livro “Lampião – o Mata Sete”, de autoria do juiz aposentado Pedro de Morais. A ação judicial foi movida pela família do “rei do cangaço”, que se sentiu ofendida porque, em um dos capítulos, ele é apontado como homossexual e sua companheira Maria Bonita, adúltera.
 
No livro, o autor afirma que Virgulino Ferreira, o Lampião, mantinha uma relação homoafetiva com um cangaceiro chamado Luiz Pedro, que também seria namorado de Maria Déia, a Maria Bonita, o que formaria triângulo amoroso.
O autor questiona a paternidade de Lampião em relação à única filha do casal, Expedita Ferreira Nunes, 79 anos. Segundo a obra, Lampião teria sido atingido por um tiro na genitália em 1922, o que lhe teria incapacitado de procriação.

A decisão judicial foi expedida momentos antes do lançamento do livro, que ocorreria em uma livraria de Aracaju. Assim, o autor está proibido de divulgar e comercializar o livro em qualquer parte do país. Pedro Morais poderá apenas se defender quanto ao conteúdo da obra.
Segundo o advogado da família, Wilson Winne, a ação judicial foi fundamentada na violação da privacidade. “Direito de liberdade de expressão tem um limite. Essa obra viola a invasão de privacidade. Ele é uma pessoa histórica. Quando se fala de Lampião, é da parte histórica. Que ele era violento, pistoleiro, herói ou bandido, mas neste caso atinge a honra da família. Está interferindo na vida da pessoa, de sua família”, argumentou.

TÁ CHEGANDO A HORA !!!


Reynaldo Gianecchini revela que quer entrar no mar após transplante

O ator fala sobre a luta contra o câncer, comenta a morte recente do pai, revela que passou por um tratamento espiritual e agradece o apoio dos fãs.
publicidade
 
O Fantástico traz o depoimento emocionante de um guerreiro: Reynaldo Gianecchini dá uma entrevista exclusiva a Patricia Poeta. O ator fala sobre a luta contra o linfoma, um tipo de câncer que ataca as defesas do organismo. Comenta a morte recente do pai, vítima de um câncer. Revela que passou por um tratamento espiritual. E agradece o apoio dos fãs, que há mais de 10 anos, acompanham a carreira desse galã que conquistou o Brasil.

Patrícia Poeta:
Eu lembro que dias atrás, antes de eu vir gravar essa entrevista com você, eu mandei uma mensagem para você no telefone, perguntando como é que você estava e você respondeu dizendo que estava em um momento de muita luz e muito entendimento. O que você quis dizer com isso?

Reynaldo Gianecchini:
Tem sido um processo de muito entendimento. Desde que eu recebi a notícia da minha doença e todos os acontecimentos depois. O fato de eu ter um pai também com essa doença, que já estava antes de eu saber da minha. Então, quando você se depara com a questão da morte tão próxima, você começa a analisar o que você tem de concreto, que é o presente. Viver intensamente aquele presente.

Reynaldo Gianecchini:
Meu pai acabou falecendo e as pessoas ficavam muito assim: ‘nossa, que tragédia, quanta coisa ao mesmo tempo’. E eu tenho que te dizer que foi um momento lindo de descoberta assim da minha vida também. Eu tive uma despedida maravilhosa do meu pai. Teve um momento que ele ficou inconsciente, porque ele teve que tomar morfina. E aí todo mundo foi descansar e eu falei: ‘quero ficar com meu pai’. Senti muita vontade de falar com ele, que eu acredito que ele estava me ouvindo. Quando eu comecei a falar, nesse momento, as funções dele começaram a cair e ele foi. E eu vendo tudo aquilo, no monitorzinho dele as funções dele caindo, sabendo que era aquele momento que ele ia embora, eu comecei a cantar, comecei a beijar ele. Reafirmei todo meu amor, eu disse que eu ia cuidar da família. Pedi perdão, falei que eu o perdoava também pelas coisas que podiam ter sido e não foram.

Patricia Poeta:
Foi uma despedida forte foi muito forte.

Reynaldo Gianecchini:
Foi muito forte.

Patrícia Poeta:
Já que é a primeira vez que você está falando sobre tudo, sobre esses últimos meses, vamos começar lá do começo. Você descobriu que estava com câncer em julho desse ano. Que sintomas que você teve que levaram você a procurar um médico e a fazer os exames?

Reynaldo Gianecchini:
Os sintomas são todos poderiam ser de doenças banais. Eu comecei com alergia. Aí a garganta começou a ficar com alguns gangliozinhos, e eu sempre tive muito problema de garganta. Então, você acha que é uma bactéria. Eu fiz todos os exames de bactérias e vírus que podiam ser e nada batia, deu tudo negativo. Aí começou a suspeitar e falou ‘vamos fazer uma análise do gânglio’. Então, eu comecei o tratamento quase dois meses depois dessa suspeita. Eu tenho um câncer raro, é um linfoma muito raro. Então, foi mais difícil de diagnosticar.

Patricia Poeta:
E como você reagiu quando recebeu essa confirmação de que, sim, você tinha câncer?

Reynaldo Gianecchini:
É engraçado, é muito maluco. Você acha que não tem aquela doença. Falei para minha mãe: ‘mãe, não tenho isso não, não é possível’. Aí depois, quando é diagnosticado mesmo, quando vem o laudo certíssimo, eu falei: ‘beleza, vamos embora, vamos encarar’.

Na cirurgia para implantar um cateter para a quimioterapia, veio o susto: “Eu tive que parar na UTI, porque teve um derramamento de sangue. Depois foi superado. Eu tive que fazer uma operação para limpar tudo, antes de começar a quimioterapia. Eu comecei já bem debilitado. O começo foi bem tumultuado”, lembra o ator.


Essa primeira internação durou 26 dias. “Quero dizer que estou muito forte e que essa minha força vem em grande parte desse carinho todo, desse amor, dos amigos, das pessoas que têm me mandado emails. Eu tenho lido todos”, anunciou o ator à época.


Reynaldo Gianecchini:
Essas pessoas todas que me escrevem, desde os meus amigos mais queridos até os menos conhecidos, até os totalmente desconhecidos que eu recebo, que mandam carta para o hospital ou descobrem meu email, essas pessoas me emocionam demais.

Patricia Poeta:
Você imaginava que era tão querido assim pelos brasileiros?
Reynaldo Gianecchini:
Honestamente não. Foi uma surpresa, e é essa parte me faz chorar, quando eu falo, mas de felicidade.

Patricia Poeta:
No início das sessões, você raspou a cabeça. Raspou porque quis ou sua médica aconselhou?

Reynaldo Gianecchini:
Por duas coisas, primeiro porque eu acho um pouco deprimente aquela coisa de cabelo ficar caindo, segundo, porque eu acho mais prático também. Eu tenho um cateter aqui acoplado que dificulta um pouco o banho. Então, não dá para você ficar tomando conta de uma cabeleira. Mas quando raspei, eu lembrei muito daquela cena que eu fiz. Eu fiz a novela com a Carolina Dieckmann, do Manoel Carlos, “Laços de família”, que a minha mulher, que era a Carol, raspava a cabeça, porque tinha leucemia. É muito maluco eu estar vivendo isso. No dia, a pessoa estava raspando a minha cabeça e eu só pensava nisso. Na ficção, eu estava chorando muito. E na minha vida real, eu me achei com cara de guerreiro. Um guerreiro mesmo.

Patricia Poeta:
Sabe o que me chamou muito a atenção? Todas as vezes que nós nos falamos por telefone, você sempre tinha uma mensagem positiva e você sempre falava com a voz de uma pessoa muito feliz. Eu acho isso realmente impressionante. Foi assim desde o começo do tratamento?

Reynaldo Gianecchini:
Desde o início.

Patrícia Poeta:
Em nenhum momento, bateu uma tristeza, uma insegurança?

Reynaldo Gianecchini:
Acho que teve. A gente tem todos esses momentinhos. Tem uma fase também que é meio barra pesada, mas, ao mesmo tempo, no próximo momento você começa a ver que está tudo tão bem. Aí é um momento que passa.

Patricia Poeta:
É verdade que você buscou ajuda espiritual, além da medicina tradicional, nesses últimos meses?

Reynaldo Gianecchini:
É verdade. Na verdade, o meu pai estava muito em contato com amigos espíritas, que fazem essas curas espirituais. Não é nem ‘não deu certo, porque ele morreu’. Eu não acho que não deu certo. Meu pai entrou em contato com a espiritualidade dele, com o divino dele, e isso foi muito legal. Existem tratamentos no Brasil que eles chamam de cirurgias espirituais. Quem acredita nisso, são espíritos que são médicos que vêm e dão uma ajuda aqui para a gente na matéria e fazem uma operação espiritual.

Patricia Poeta:
E fizeram com você?

Reynaldo Gianecchini:
E fizeram comigo.

Patricia Poeta:
Nessa cirurgia espiritual, você sentiu algum efeito?

Reynaldo Gianecchini:
Fisicamente, eu não senti nada. Eu sinto muita força de uma energia muito boa, de uma corrente boa de amor, isso eu sinto o tempo todo.

Foram mais de três meses de quimioterapia. Ao todo, seis sessões.


Patricia Poeta:
Teve um momento das sessões de quimioterapia que a sua imunidade baixou, que você voltou para o hospital.

Reynaldo Gianecchini:
Eu peguei uma bactéria que ninguém sabe direito, na verdade, porque é difícil detectar, no pulmão. Eu tive que ficar na UTI para ficar em observação. São os percalços do caminho que tem, pela natureza da quimioterapia.

Patrícia Poeta:
Você já está preparado para isso, psicologicamente.

Reynaldo Gianecchini:
Mas essa minha jornada no hospital foi particularmente interessante porque eu convivi com muita gente. Eu fico em uma área de transplantados, muita gente com leucemia ou com linfomas.

Patrícia Poeta:
Um ajudando o outro, dando força para o outro...

Reynaldo Gianecchini:
E cada vez que tem uma superação, tem uma festa em um dos quartos. E aí todo mundo se junta. Toda vez que a medula dá certo, pega, canta um parabéns com bolo e tudo. A pessoa está renascendo ali, e todo mundo aparece e faz parte daquela festa.

Patricia Poeta:
Agora terminadas essas sessões de quimioterapia, você passa por um transplante. Como é que vai ser esse transplante?

Reynaldo Gianecchini:
É um autotransplante.

O autotransplante de medula óssea é feito para recuperar o sistema imunológico depois da quimioterapia. Primeiro, os médicos fazem uma biópsia da medula do paciente. Se ela não tiver células cancerígenas, uma porção é retirada e congelada. Em uma segunda etapa, uma quimioterapia ainda mais intensa destrói de vez os tumores e todas as células de defesa do organismo. Os médicos então reimplantam a medula óssea retirada e o corpo volta a produzir células saudáveis.


Patricia Poeta:
Quando isso vai acontecer?

Reynaldo Gianecchini:
Em breve, em dezembro agora, mês que vem.

Patricia Poeta:
Como é que você está se sentindo? Qual é sua expectativa para esse momento?

Reynaldo Gianecchini:
Eu me sinto curado desde o primeiro dia. É engraçado. Eu não jogo essa possibilidade de perder, embora tudo possa acontecer na vida, mas eu acredito muito na força da vida.

Patricia Poeta:
Vamos falar de futuro? Podemos falar de futuro?

Reynaldo Gianecchini:
Podemos.

Patricia Poeta:
Como é que você imagina que vai ser a sua vida nas próximas semanas?

Reynaldo Gianecchini:
Eu não tenho feito planos de nada, na verdade. Eu vou para essa fase do transplante, delicada, porque você fica com a imunidade muito baixa, tem que ficar um pouquinho mais isolado. Depois do transplante, vou começar a pensar em trabalho.

Patricia Poeta:
Quando você tiver vencido tudo isso, tiver passado pelo transplante, qual vai ser a primeira coisa que você vai querer fazer?

Reynaldo Gianecchini:
Nossa! Eu não tinha pensado nisso. Me veio na mente entrar no mar. Eu tenho uma relação louca com o mar. Gosto muito e sinto falta.

Patricia Poeta:
E onde você vai querer estar, no mar onde?

Reynaldo Gianecchini:
Pode ser qualquer mar para mim. Estão valendo todos, mas provavelmente no Rio, que eu estou há muito tempo sem ir para o Rio.

Patricia Poeta:
Quem sabe a gente também não vai fazer o registro desse momento.
Reynaldo Gianecchini:
Quem sabe, indo para o mar.

Patricia Poeta:
Gianecchini,obrigada pela sua entrevista, saiba que pelo país tem muita gente torcendo por você, pela sua recuperação, e nós do Fantástico, com certeza, estamos entre essas pessoas, pode ter certeza.

Reynaldo Gianecchini:
Agradeço demais você e eu quero agradecer todo mundo. Eu não tenho palavras para descrever e nem para agradecer todo esse carinho, todo esse amor. Eu espero um dia poder retribuir tudo isso.


G1